sábado, 27 de dezembro de 2008

4 meses.. Duas vidas.. Uma história.. E um final...

Quem sabe assim viveremos melhor...
Eu só quero que sejas feliz...
Cada momento foi único, foi tudo muito bom, inexplicável em tão poucas palavras...

Não queria ter dito tdo o que falei.. Não queria estar sentindo isso nesse momento.
Palavras ditas já não voltam. Os sentimentos infelizmente tbm não.
Fomos arrancados à força desse sonho.
Culpa de quem tudo isso??
Já não se sabe quem errou.. Na verdade acredito que não tivemos um 'pecador' nessa história.
Um dia acreditei no 'pra sempre'.. Mas ele sempre acaba, não eh verdade?
Me diz que não!!
Não adiantaria.. Nada me faria voltar atrás.
O sofrimento é um sentimento que não desejaria à vc em hipótse alguma de nossas vidas..
Você sempre foi uma pessoa merecedora de tudo o que há de melhor nesse mundo.
Das coisas mais belas, dos melhores momentos.
Tenho certeza que tivemos muitos. Espero que concorde comigo nesse ponto.
Mas num certo instante a liberdade que antes nos prendia, nos mantinha cada vez mais próximos, se tornou algo sufocante. Algo que não consigo explicar.
Um sentimento maior que a força que eu ainda tinha de sustentar esse amor.
Fui fraca? Não sei.. Não sei se essa é a palavra mais adequada.
Mas fui sincera. Sempre fui..
Cada palavra minha, cada gesto, cada toque... Enfim. Tudo foi muito verdadeiro, e sei que de você tbm.
As lições que aprendí com você, certamente, estarão sempre comigo onde eu for. Assim como você dentro do meu peito. Nesse momento ao lado de uma grande ferida, mas logo terá um lugar só seu. Jamais será esquecido.
Não tenho como esquecer da JUDITE tbm né?.. Bons momentos... grandes recorações. Uma companheira como nenhuma outra.. A que nunca vai te abandonar de verdade, mesmo com alguns pneus furados...^^
Carregarei cada lembrança pra sempre.
E estarei torcendo pela sua vitória. Pelo seu crescimento como pessoa, como homem, como profissional.. Serás um grande cara! Ainda mais que já é.
Você foi o cara que me conquistou numa balada de sábado a noite. Com aquele beijo tão profundo emtão pouco tempo..
Com seu jeito tímido e descontraído ao mesmo tempo.. Com sua risada desajeitada.. Hahahaha
Vou levá-lo dentro do meu peito meu, agora, GRANDE AMIGO, Paulo Victor Berri.

Fica bem. E vive sua vida da maneira mais bela e incrivelmente natural como só você consegue!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Lágrimas Amargas...

Se alguém pudesse sentir, saberia o quão doloroso é...
Se pudesse ver, fecharia os olhos...

É tudo muito profundo.. É uma dor inexplicável.
Simplesmente sinto... E me dói a cada dia.. a cada momento.

Minha vontade é sumir!! Pra nunca mais voltar...
Não necessariamente morrer, mas nunca mais ter que acordar.

Minhas lágrimas amargas que não param de cair
Vão enubreando meus olhos, e não mais me deixam ver.
Meu sofrimento é ainda maior. Eu não fui ouvida!
Como se nada disso importasse.

Será mesmo que importa?
Certamente que não.
Um coração tão duro e inóspito jamais daria o 'braço a torcer'.

Eu juro que tentei tocá-lo..
Mas acho que as lágrimas não foram o bastante.
Quem sabe a morte assim o faça..
Mas eu não teria coragem!!

A minha alma tá clamando socorro!!
Será que alguém pode ouvir?...
Achei que não fosse tão baixo...
Mas é o silêncio que fala por mim.

Adianta calar?
Mas eu falei também sequer adiantou...
Se já não falava muito
Agora sim minha'alma calou.

E meu olhos secaram também.
Já não vale a pena chorar por quem não merece minha dor
E meus punhos fecharam... E meu coração sangrou...

Aceitaria um soco seu
No lugar de tanto rancor.. De tanto 'saber' (que não sabe nada afinal)
Seria menos doído pra mim.. Pro meu peito, que as palavras ditas.
Elas jamais voltarão.

Saem da memória?..
Pode ser que se 'escondam' por certos instantes.
Mas nunca sairão do coração.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

NataL gentE! o.O'

Então é nataL... E o que a gente fez???... ( o resto cada um imagina)
E recomeça tudo outra vez..
Mais um ano.. Ou menos um..

Um natal... Umas festas.. Bebidas, gente animada, família reunida..
blá blá blá...



Vocês ainda podem lembrar o verdadeiro sentido do nataL?
Não seria esperar um velhO louco de barba branca com um saco vermelho cheio de brinquedos fúteis...
Certamente que não. Possso assegurá-los...

Momento de celebração sim.. De diversão.. Mas de oração.. Agradecimento, já que mais um ano se encerra... Vida nova recomeça.. Novos tempos se impôe!

E o que a gente fez pra contribuir com toda essa comemoração... Com essas novidades sempre tão esperadas?

Não sei.. Acho que nem fiz nada.. E acredito que vc tbm..

Esse é o 'caminho' correto das coisas.. Elas simplesmente acontecem! Não precisamos nos restringir à parâmetros para que as coisas mudem.. Elas nunca mudam pq queremos.. Mudam se tiverem realmente que mudar! Apenas isso...

Vamos torcer e esperar por um novo ano de sucesso, alegrias, paz, amor, saúde, fortunas e muito, mas muito sucesso à todos nós!!

Um super natal e excelente ano de 2009 para o mundo!

;**

sábado, 20 de dezembro de 2008

SintO tantO...

Como posso esquecer?. Eu não quero!!
Eu te quero. Te preciso..
Quando te tive perto de mim deixei que me escapasse entre os dedos..
Meus olhos choram por isso hoje..
Podemos voltar atrás??.. ='(
Por favor me diz que siim!
Eu preciso de ti perto de mim.. Te quero!

Um dia me disseste que não sairia do meu lado.. Disseste??
Bom.. Acho que eu queria que tivesse dito...
Mas tu não disseste...
E sabia que esse dia chegaria?
O dia da distância.. O dia da saudade...
Errei.. Errei em deixá-lo ir, sendo que o podia tê-lo feito ficar ao meu lado..
Sendo que podia te beijado esses lábios mais uma vez..
Pela última vez eu o fiz.. E qeria fazer novamente...
Antes que partisse!! Mas tu foste.. Foste e me deixaste...
Ou fui eu quem te deixou?!
Deixei que fosse...
Mas não quero maais!
Te quero de volta! Posso tê-lo??
Eu necessito...
Uma vez ditas, as palavras não voltam.. E vc?? Poderia voltar pra im se algumas palavras fosem ditas?
Aquelas dolorosas palavras de adeus soaram ao vento e sem meu pensamento..
Não sabia naquele momento que a dor seria tamanha..
Achei que fosse forte.. Que suportaria.. Que me sentiria à vontade sem tu perto de mim..
Me enganei.. Errei feio.. Procurei em outros braços teus abraços... Em outros corpos teu aconchego.. Mas só tu me fez sentir vontade de tê-lo de novo.. e de novo... e pra sempre!
Vais voltar??
Eu te quero aqui! Vem pra mim. Preciso de ti...
Como fui tola ao deixá-lo...
E pq me permitiu fazer isso?! Tolo...
Naquele exato momento preferi minha liberdade.. Minha vontade de ser só..
Passou!! Eu não quero mais.. Quero voltar.. quero te ter!
Volta pra mim?! Fica comigo?? Apenas hoje é o que te peço...
Eu ainda preciso de ti.. Sinto teu cheiro.. Sinto tua falta... Quero o teu corpo!
Foste o sonho que me fez querer dormir infinitamente...
Me fizeste muito feliz, espero que saiba..
Eu ainda te amoO muito!!
E queria voltar.. E que voltasses também..
Pra perto de mim... Pra junto de mim... Pra minha vida..

E PRA SEMPRE...

Tu

Levaste contigo o brilho dos meus olhos
E o calor do teu corpo que tanto preciso.
Deixaste comigo a certeza que voltas
E a porta aberta... E o medo do escuro.

Queria teu corpo junto ao meu corpo
Teus beijos molhados e sedentos dos meus
Teus lábios tão fartos que envolvem minha boca
Uma boca incompleta distante da tua.

E a boca vermelha
Que acabara de render-se a mim
E os olhos pedintes
De mais beijos sem fim

Tu sem mim não mais existe
A angústia ainda persiste
A distância insiste... E tu não vens
Te quero aqui!!!

Porque não vens? Partiste sem mim...
Me deixaste no escuro, com medo do fim
E esse medo sem fim toma conta de mim!

Este foi apenas o primeiro dos muitos dias sem ti
O primeiro dos meus dias tristes
E da vontade de gritar... De correr ao teu encontro

Vê se volta amore mio
Espero por ti...







domingo, 30 de novembro de 2008

T O L A

Sabe, ter vontade e agir com a razão?

Já sentiu a nostalgia logo após ebulição de prazer?

Se eu soubesse falar...

Ainda não aprendi!

Minhas lágrimas foram sinceras

Meus olhos choram pela minha falta de coragem.

Minha pele, ao contrário, clama pela tua.

Ó cruel sensação de vontade... Mera vontade.

Não te quero ver sofrer..

Nem tão pouco te machucar

Eu queria sim, poder dizer

Tudo o que sinto... Tudo o que penso.... Tudo o que quero

Grande parte de minha alma se desloca do meu corpo quando sinto teu corpo no meu.

Minha cabeça não pára de pensar apenas um minuto!!

Ah razão... Me equece!

Tô pedindo calma.. Mas a minha se esgota a cada dia...

Grande culpa me assombra.

E maior que a dor que estou sentindo, seria o abandono vindo de ti.

Seria a solidão... Não apenas de estar só.. E sim de não tê-lo.

Volta? Fica ao meu lado.. Apenas fica!

Me beija.. Me ama...

Teu abraço é o que mais quero...

Minha vontade de acordar a cada dia..

Eu sei que não fostes... Tu voltarias mesmo em pensamento!

Minha cabeça dói! Seria a culpa?

Grande capacidade a minha de afastar-te de mim...

Eu não mereço a tua verdade... Não mereceria se tu assim quisesse.

Acredito em ti... Confia em mim também!

Se fosse tudo muito fácil, seria fácil fugir!

Fugir dessa realidade hipócrita, desse mundo sórdido e bélico.

A beleza de teus olhos é o que me purifica e ameniza minha dor...

Consigo sorrir novamente!

sábado, 29 de novembro de 2008

Merece pOst! o/\o

Hoje foi dia de rima
Eu, Dyca, May e mana farinha.
Nóis tava no tanque e os mano lah encima
Quem tava junto entrou no clima

Foi muito legal
Demos muita risada
As mina são fera
Topam qqr parada

Tinha um gatinho
Dentro do boeiro
A May deu um grito
E um pulo ligeiro

A mana gritou
Tbm se assustou
Eu e Dyca só rimo*
Do susto que levou

Foi muito engraçado..
Depois viemo* cantando
No meio da rua
E todo mundo olhando

Caminhando e cantando
Cantando e caminhando
Com as minhas amigas
e meu violãOzinho tocando

Chegamo* na igreja
1ª comunhão
Muita gente reunida
Uma multidão

Tivemo* que dar tchau
O dia tava acabando
As mina foram embora
E eu segui rimando...

Os manoO pÔ.. As mina paH...

hsiaUSHIAushiAUSHIau³³
Dia maraH!
=D

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Ê Saudadee.. ='(

Parte de meu corpo, ou de minha alma, se perdeu
Uma imensa dor me possuiu. E já não tenho forças para lutar contra ela.
Minhas mãos foram atadas.
Meus pulsos clamam...

Oh sentimento tão desprezível
De distância e impotência
De amargura e incoerência desse tempo medíocre
Que insiste em se arrastar

A chuva se impôs
O sol se escondeu...
Como uma criança indefesa
Que jamais conseguiu obter um lugar de valor

Aos poucos ele volta a reinar
Como nunca deveria ter deixado de ser
O mais belo e prazeroso astro
Que no fará ser completos novamente.

E vamos sorrir!! E vamos gritar!!
Nada mais nesse mundo nos fará separar!

EU NUNCA MAIS QUERO SENTIR ISSO!

Dyca, fica perto de mim pra SeMpRe!!
Minha BestONA!
s2

sábado, 22 de novembro de 2008

TédiO com T bem grande pra vocÊ!

Epléticos surtos de insônia
Maléfico sentimento de hipocrisia... de nostalgia
Uma imensurável falta de cognição
Rebeldia inóspita.
Morbidade sórdida!
Insipiência dos ogros sádicos
Impaciência dos mudos fúnebres
Irreverência dos bestas bucólicos
Que de bucólicos apenas semblante.
E de otários total compunção!

Óh divina calmaria!!
Tomai conta de mim ao me deparar com os crápulas abusivos de pouca sapiência.
Com os ineptos bárbares atuais.
E com os eloquentes de uma inteligência factícia!


Eu os repúGnO!

domingo, 16 de novembro de 2008

Simplesmente amor...

Distúrbios de insensatez
Dilúvios de Sensações
Momentos de embreaguês
Procura de soluções.

Que força tão grande é essa?
Que parte de mim perdeu-se na história??
Caminhos opostos unidos
Vontades discutíveis vistas por novos ângulos...

Quão maior é o sentimento?
Óh que angustia te prende ainda...

Te abre para novos mundos!
Te atira sem fechar os punhos... Sem calar a alma... Sem doer-te o peito...

Mostre-me o que quero ver
Sinta o bater do meu coração
O pulsar de minhas mãos
Suadas ao ver você

Deixe-me te decobrir
Leva-me onde quer ir...

Invade escrachadamente meu peito com o bater do peito teu
Inunda meu ser com o poder que tens no teu
Imerge minha alma no calor do teu espírito
Envolve minha pele na tua tão trêmula

E tira de mim essa culpa suprema de andar ao teu lado de olhos fechados
De mãos amarradas
De braços cruzados
De ouvidos distraídos e desligados...

Na verdade eu te ouço
Sempre no pensamento
E queria também que me ouvisse... Digo-te coisas pensando que jamais diria falando!
E as vezes penso demais... E acabo não soando.

Mas apenas não deixo soar
O que seu coração 'tá' acostumado a escutar
Meu amOr é maior que miL palavras... E mais...


s2

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

LoUcOo manO!! =P

Sanidade racional
Desperdício de moral
Agonia natural
Sentimento banal

Porque os loucos são melhores
As vontades são maiores
Os desejos mais sinceros
Os medos tão inocentes...

Quero ser louco
Um eterno em busca da ilusão
Um sofredor.. Mas que enfrenta a vida!
Que batalha pelo dia incerto

Seja louco!
Corra de costas.. Beba deitado.
Fume um baseado
Suba no morro e desca rolando.. ;)

Consequências?? Hahaha
Pra quê?! Vc sabe do amanhã?

Insanidade, naturalidade, igualdade, vontade!
Quero isso pra mim.. Quero também pra vc!
Seja louco!!
Corra de costas, beba deitado.. fume um baseado.. desca rolando os morros mais altos.

Me convide à tudo isso..
Seja louco ao meu lado!

;)

sábado, 8 de novembro de 2008

RapidãO!! WoOw!

Um soluço, uma promessa...
Um pedido e a recusa.
Um sorteio e uma prece..
e a vontade passageira que se estende a cada dia..

Um bilhete, uma paixão..
Um sonhar e a ilusão..
Uma vida e dois caminhos..
Dois corpos e um destino.

Uma volta e o mesmo fim.
Um querer e amor sem fim!
Cada gesto e cada olhar..
Uma vontade maior de amar...

a escuridão esclarece o que o dia escondeu..
o desejo e a calmaria que a lua traçou por si só.
O calor dos beijos à luz da tão sonhada noite..
As mãos desesperadas em busca do outro.

Um límpido olhar marcante..
Um suspiro enigmático..
A eterna espera...
O derradeiro 1° passo.

Alucinação..
Intensa atração..
Puro desejo..
Meigo sorriso.. doce...

Impotência de ações..
Transferência mútua de sensações..
Anestesia... Reflexo da mais pura malícia.

;)

sábado, 1 de novembro de 2008

Cada vez mais forte... Ahhh..

Tanto faz, se você quer ficar... ou ir...
Se vai chorar ou rir..
Se vai querer ou não...

Se vai chegar cedo, ou apenas amanhã...
Se nossas vidas são duas...
Se no céu não há lua...

Tanto faz se o sol hj não veio..
Se as folhas das árvores caem..
Se as estrelas somem... E a chuva vem...

Tanto faz se o mundo eh redondo...
Se o fogo queima... Ou se a água molha...

Nada mais me importa...
Sinto-me 'impermeável'... inatingível!

Gyca*

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

SoOoL 27/10

Olho o sol... O mesmo que se escondia há dias...
Hoje volta a brilhar no céu... Vem me dar alegria...
Meu suor é o mais forte sinal de recepção do calor...
Minhas mãos tão geladas se aquecem com voracidade...
Minha alma queima de prazer.
As nuvens tão belas e brancas cedem o espaço tão bem reservado a ele.
A lua mantém-se a espera da escuridão para assumir seu lugar e impor sua beleza...
Aqueles olhos são como o sol...
Minha alma sente-se queimar cautelosamente...
O seu brilho também me aquece... Me fascina.
Um olhar brando me encanta... Me seduz... Me prende...
Me faz querer olhá-lo novamente... E outra vez... E para sempre!
O calor do sol... A soberania da lua... e a beleza daquele olhar, são o sentido da minha vontade de viver...

sábado, 25 de outubro de 2008

18...

Mais um passo em minha vida.
Uma nova história.. Vários personagens..
Mudanças.. Modificações constantes de sentimentos...
E um grande e único ideal. A felicidade.

Constantes são os pólos de humor em mim..
Uma força gigante me faz contradizer diversas vezes...
E não porque quero..

Os mais puros e sinceros sentimentos que me apetecem são guardados...
E guardo-os a sete chaves.. E sinto que posso demonstrá-los apenas quando escrevo.
É a forma que me sinto 'livre'.. É quando sei que não serei de forma alguma repreendida.
É quando sinto-me tranquila para demonstrar as mais variadas emoções.

Eu queria saber dizer tudo isso também.
Mas o fato de me expôr me assusta.
Não que meus versos não sejam lidos...
Porém aqui tudo é mais fácil. Tudo é tão simples..
Ou ao menos me parece..

Eu sinto... E sinto com todas as minhas forças...
Eu amo... E amo de verdade...
Eu quero.. Quero muito mesmo, um dia poder falar tdo o que sinto..
E quero que possas sempre saber.. Jamais duvidar...

Do mEu vErdAdEiRo AmOr!!


(Ando muito apaixonada ultimamente neh?) Hahsuhaushuahsuahsuah

sábado, 18 de outubro de 2008

NÃO AGUENTO MAAAAIS!!!

♫Meus beijos sem os seus não dariam.. Os dias chegariam sem paixão♫

Eu não consigo mais... Por mais que eu tente, a cada dia é mais difícil.
Espero mesmo que me entenda.. Eu realmente não aguento...
É mais forte do que eu..
Não que eu queira.. Mas eu não posso aguentar... Eu não posso mais!!!

Eu achei que seria mais fácil. Eu queria mesmo que fosse.. Mas não é. E já disse, não posso mais.
E o que posso fazer para isso mudar?
Eu simplesmente não quero que mude! oO'
Eu não posso mais. Não aguento mais!

E nem tente me ajudar...
Ninguém pode tirar isso de mim.
E eu nem tento fugir dessa situação. Sei que não posso mais.
E também nem quero... Eu não aguento...



Não aguento mais viver longe de vocÊ!
Te amO amoor!!!
;*

sábado, 11 de outubro de 2008

Ahh o amor...

Nos teus olhos descobri o verdadeiro sentido de ser o que sou.
De querer ser sempre mais para vê-los novamente.
A cada dia quero mais..
Seus olhos são como riachos de águas calmas e cristalinas...
Onde me afogo a cada olhar deslumbrado com um mundo antes nunca visto.
Um olhar de criança quando ganha um novo presente.. Quando descobre um novo sentido pra vida.
Um sonho, do qual jamais pretendo acordar.
Uma ilusão que me prende... E me prende pela força desse doce olhar.
Doce como o gosto de seus lábios.. Como o caloroso abraço ainda tímido...
E quero voltar a ver esses olhos, assim como beijar teus lábios e abraçar teu corpo junto ao meu num misto de desejo e paixão.
Hoje, esse amor que antes me sufocava, é o que me faz querer acordar todos os dias e sentí-lo outra vez.
E quero muito mais... Cada vez mais...

s2

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Morte Branda

A frieza que me compõe
Não faz parte de mim.
Simplesmente me acompanha...
Não desejo ser assim, pois pareço não gostar.

O amor que sinto é muito
Não consigo descrevê-lo...
Nem tão pouco demonstrá-lo
Pois sou fria como gelo. Sou dura como pedra.
Mas meu amor não... Esse é infinito, e sereno como o mais doce dos algodões.

Me perco na vontade de mostrar o mais secreto dos sentimentos.
Me encontro no mais puro desejo...
E volto a me perder na frieza da distância.

Sinto saudades...
Mas não posso querer... Não porque realmente não quero.
Simplesmente porque não posso.
E se não posso é porque não quero. Não.
É deveras por não poder.

[Autor Desconhecido] ;P

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

=º´

Outra noite que se vai...
E não te tenho mais.
Quão sozinha me sinto
Sem teu cheiro em meu corpo.
Acho que estamos distantes.
Uma força maior nos faz manter deveras afastados...
Eu ainda posso te sentir. Posso com todas as minhas forças...
Vais fazer parte de mim todo o tempo que me resta pra viver.
Vais estar em meu pensamento até que eu me perca na insanidade de não ter memória.
E ao final... Quem sabe juntos... Vais me beijar como nunca tu fizeste.
Vais me querer como nunca antes quis.
E eu vou ser acessível às tuas promessas.. aos teus aconchegos.
E vou te querer.. E vou te amar...

;]

Gyca°

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

°ConFiSsõEs sEcReTaS°

Confissões nem tão secretas.
Sentimento de ilusão...
Pra viver a fantasia.
Se jogar na escuridão.

Ora de amor, ora de tristeza.
Sentimentos ao relento..
Porta aberta, julgamento.

E se as feridas fecharem?? se eu retomar o segredo...
Elas se escondem dentro do meu peito.

Fazem-se presas na minha memória.
Nem o tempo pode apagar...

E se meus olhos fechar...
Sentir a lágrima cair...
Logo me pego a lembrar tudo que não acabou... Tudo que não esqueci.

Letra: LuH Scheuermann
Música: Gyca Costa

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Soneto da LoUcUrA! ; )

Os dias passam... as noites chegam...
E a chuva continua caindo...
Os anos voam... vem desespero...
E o pensamento é um delírio.

Já não me lembro tudo que vejo.
Dentro de mim só há o desejo.
Me pego num instante pensando em teu beijo.
E no instante que posso aproveito o ensejo.

É louco pensar no que estamos vivendo.
Dois corpos distintos e um mesmo querer.
Nas noites de insônia sonhando acordado.
Pensando naquilo que não se pode esquecer.

É mais louco ainda sentir o que sinto.
Lutar contra algo que toma meu ser.
Querer um querer tão impulssivo.

Voltando ao passado me perco em lembranças...
Retorno ao início das minhas andanças.
E nada do que senti é mais forte que hoje.

ºGyca Costaº





quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Meu-Ô!! Mto tempo...

Há quem diga que o bom filho à casa sempre retorna... Hehe^^
Aqui estou pra confirmar esse ditado.. ;P

Morrrreendo de saudades do meu Blog'zinho do s2...

Tantas coisas aconteceram... tantos bons e maus momentos... tantas novas pessoas... mudanças.. conquistas... amores... xD

A cada passo meu... a cada atitude, me corria no corpo a imensa vontade de expressar os mais diversos sentimentos... as mais loucas vontades... os deveras sinceros sorrisos. E a cada dia dos meus dias me sentia a vontade pra fazer tudo isso com a mais perfeita calma que o mundo pode me oferecer. Me sentia tão bem a ponto me jogar em situações de puro risco... situações inusitadas.. inesperadas... desesperadas! Hahahaha^^
Sentia dentro de mim o super herói mais destemido e admirado... o gladiador de maior bravura da face da terra. Senti também que nada poderia acabar com a minha força, garra, e busca intensa pela total felicidade.
Durante muito tempo me prendi a "modelos" sociais, os quais me faziam sempre querer fugir de mim mesma. Gritar e correr como se nada fizesse sentido. Como se o mundo fosse um imenso campo ou deserto sem fim.
Aprendi nesse tempo também, que a vida pode ser muito mais bela do que se imagina... mesmo que tudo vá mal! Mesmo que todos queiram sua infelicidade... Mesmo que vc não acredite que pode dar certo. No final... tudo se encaixa... tudo se completa. Desde o início até o fim dos tempos.
E é claro que com tudo isso que vivi e vivo a cada instante aprendi tbm a dar valor às coisas pequenas, mas de tanta importância, do universo.
Vale à pena prestar atenção no desabrochar das rosas... no pássaro que se alimenta nas flores, do cair da chuva... mesmo nos dias mais "feios".
Tudo o que vem, vem para dar algum sentido à nossas vidas... pra nos fazer ver que o que somos eh muito, mas muito mais importante do que aquilo que temos! O nosso ser interior é o que nos fará crescer e buscar cada vez mais alcançar aquilo que tanto buscamos. É de dentro de nós que deve vir a vontade de sorrir.. e aí sim mostrar o que queremos ser.. Pro bem ou mal. Somos o que demonstramos a cada gesto.

Ahhhhhhh... que bom escrever!! Parece que recuperei um pedaço de mim! =D

Bom... é isso. Pra quem quiser acompanhar mais minhas postagens é só permanecer no aguardo, pq em breve estarei aqui novamente.

;***

Gyca Costa

terça-feira, 3 de junho de 2008

Destino... qm entende???

“Meu caminho é cada manhã.. Não procure saber onde vou... Meu destino não é de ninguém.. Eu não deixo meus passos no chão...”

Segue o seu caminho... vou tentar seguir o meu com a maior vontade de fazê-lo tornar-se inesquecível, assim como você!


Eu sei que de nada adianta ficar assim... não vai trazê-lo de volta.... porém o sentimento eh mto grande sabe?... por mais que tentemos nos desfazer dele fica uma coisinha martelando em nossas mentes... mesmo não tendo aqueeeeela convivência, sabe-se que nunca mais irá ver a pessoa... isso eh difícil... Me faz ter medo do amanhã... (que na verdade não existe) E como viver intensamente??
Temos tantos deveres.. passamos tanto tempo de nossas vidas nos importando em dar lucro aos chefes e mal nos pegamos ficando com nossas famílias, amigos e principalmente com aqueles que amamos de verdade.
Precisamos estar sempre preparados... E quem está????
Porque eu nunca estou...

(8)”Se quiser saber pra onde eu vou... pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou!!”

E é lê que sempre vou estar. Onde o sol prevalecer.
Não necessariamente o sol que vemos no céu alguns dias de nossas vidas, mas o sol que brilha dentro de mim. Dentro do meu peito e dentro do peito de cada um que se permitir.
Deixe um sol se ascender dentro de si. Nunca sabemos qndo uma “forte chuva” vai fazê-lo parar de brilhar.


Eternas Saudades, Grande Exemplo!!!

+02.06.2008à Neri Elias de Moraes “Costa” (pq mesmo não carregando esse sobrenome, representava-o melhor que muitos.)

quinta-feira, 17 de abril de 2008

New Music

Yes... I know, you are with me.
I can caunt you, and you can caunt me.
Yes, my little boy, it's really.

I need speack to you everyday.
Because this??? Idon't know...
Just I like stand you, same never stand by.

You leave me freely to make craziness.
You make me so happy with your be way.

I don't wish you cry.
I don't wish you suffer.
I wish you smile.
And smile to forever.

Never leave what the friendship end!
But I never will leave.
I stand to forever with you.

My little boy...
And my BIG...BIG Friend...
We'll have a happy end.

By me
To>> My little boy
;)

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Quem somos nós?

Quem somos, ou, o que somos?
Viemos para este mundo, este universo inexplicável, esse lugar desconhecido, afim de que? Em busca de que, eu te pergunto.
Somos feitos, ou deveríamos, de sentimentos. Sentimentos esses, que buscamos entender a cada dia, porém não somos capazes de desvendá-los.
Há dias em que nosso maior objetivo é fazer alguém feliz. É lutar para que nossos amigos estampem em seus rostos belos e deliciosos sorrisos.
Há também aqueles dias nos quais nos submetemos a impôr um sentimento tão pequeno e ao mesmo tempo explosivo dentro de nós, o qual nos faz querer sumir, querer gritar... nos leva justamente a não compreender o que realmente está sendo sentido.
Falava eu logo acima sobre a felicidade dos amigos.
Quem são eles??? Onde vivem? O que fazem??
À quem deve-se chamar de amigo???
Porque eu sempre toco nesse assunto, já perceberam???
Eu adoro falar sobre amizade.. me sinto bem quando estou perto das pessoas que amo. Os que afirmo serem meus amigos. Meus anjos de guarda.
Mas em que sentido a amizade se encaixa no pos't de hoje...
O melhor sentimento que pode-se ter no peito é o de carinho, o gostar de estar junto, aquela vontade louca de matar a saudade de alguém que se viu há apenas dois dias atrás...
o Simples, se é que posso assim dizer, fato de querer bem alguém e saber que esta mesma pessoa tem o sentimento recíproco ao seu.
E é esse o sentido de se querer viver. Querer ser alguém.
Acredito que muitas das respostas de quem somos nós está justamente nas pessoas com as quais nos relacionamos.
>>Me diga com quem andas que te direi quem és<<<
E é isso mesmo, não?
E como saber quem é nosso amigo de verdade??
A gente sempre sabe... seja através da intuição, ou da "famosa" afinidade.
Não basta apenas querer ser amigo, tem-se que se doar. No sentido de ajudar sempre que necessário, de estar próximo não só nos bons momentos, mas nos difíceis também. Querer bem mesmo depois de pequenos atritos que possam acontecer. Ter sempre a sensação de estar encontrando-se com alguém que já não vê há muito tempo e dar um caloroso e apertado abraço.
Entre outras coisas... renovar a cada dia esse belo sentimento.

>>>Se fores chorar, não me importo que seja no meu ombro, embora saiba que vais borrar toda tua maquiagem na minha blusa nova.
Se fores rir, não me importa se será comigo, ou não. A minha grande alegria é poder ver em seu rosto uma enorme vontade de viver.
Quando caíres, prefiro que seja na gargalhada. Mas se não for tenha a certeza de que estarei ao seu lado para te ajudar a levantar e curar teus ferimentos.
Agora... se algum dia a distância insistir em nos separar... pode apostar que aquele sentimento, um dia desconhecido, vai tomar proporções tão grandes que não caberão em nosso peito, o que fará com que estejamos sempre juntos, mesmo que apenas em pensamento.
Porque tudo aquilo que é verdadeiro permanece. Sempre permanece.<<<

AmOoO³³³ vcs meus verdadeiros e grandes amigos!!!
=**

By me.

sexta-feira, 4 de abril de 2008

aFFe... =(

Mto triste hj nem sei pq...
mnha vida tem dado tantas voltas...vivo em constantes oscilações de alegria e "depressão".
Meus amigos já não são deveras confiáveis... minhas vontades se contradizem.. meu ânimo.. Putz! O que é isso mesmo?
Preciso aprender a controlar certas manias de possessividade...
Preciso deixar de ser tão "dos outros" e ser um pouco "minha".
Já parei pra pensar que vivo mto mais em função de ajudar qm precisa de mim. do que realmente tentar resolver os meus problemas.. os meus conflitos comigo mesma.
Eu tô cansada! Eu juro que estou!!!
Quero um tempo pra mim.. quero alguém pra mim.. ; )
Quero ter o prazer de me deitar a noite e pensar apenas que o amanhã será melhor. Sem ter que pensar em tdo o que fiz para os outros.. aquilo que deveria ter feito por mim e o que será do amanhã?! Mais gnt pra eu pensar e me esquecer um pouco mais.
Espero não ser interpretada como egoísta.. (isso sempre acontece, eu sei.)
Ainda aqueles que sabem que não sou, me julgam como sendo.
Eu não posso ter um momento de explosão? De "distúrbios emocionais"?
Ahhhhhh... (suspiro) As vezes sinto vontade de jogar tdo pro alto.. (se eh que me entendem)
Tenho vontade de sumir.. nem que por alguns instantes. Sumir e não deixar pistas.. sumir para ficar totalmente só.
Pq tdo tem que ser assim? Será que não sou normal? Rsrs
Eu queria poder confiar em alguém que me desse um rumo certo.. um bom conselho, palavras sábias, um ombro amigo, um colo*.
Mas eu queria essa pessoa por "inteiro"... eu queria que ela estivesse comigo, de verdade. (eu não sei se entendem o que quero dizer.. ms eh isso mesmo)
As pessoas não costumasm estar com outras se entregando... elas costumam dar seus ouvidos à outra, porém pegam-se pensando em várias outras coisas que lhe tomam atenção. Como o simples vôo de uma mosca. E isso não é exagero de minha parte, nem uma explicação besta para esta que é simplesmente a mera falta de interesse pelo próximo.
Preciso que alguém entenda que não estou generalizando. Ainda existem pessoas que qnd te escutam, escutam mesmo. E eu tenho uma pessoa que sem dúvidas ultimamente, não só me escuta, como muito me ajuda.
Mas se comparado ao extenso nº de "amigos" que tenho.. uma pessoa apenas se torna qse como sendo... "o mínimo necessário".
Poxa! Quanta exigência.. qnta carência... qnto "rancor"...
Pois eh assim que me sinto.
Agradando ou não... eh exatamente assim que me sinto.
Não por vontade própria... não por que gosto de ser assim.. (eu não sou assim. Eu me sinto assim)
Tudo poderia ser mais fácil... se minha mente estivesse mais aberta para coisas, de fato, interessantes.
Acredito que me prendo a detalhes tão fúteis de certas atitudes, que é realmente isso que me faz guardar algumas mágoas e sentimentos adversos dos que quero sentir.
Detalhes que machucam tão fundo que não me fazem esquecer.

Eu prometo tentar ser melhor! Por mim... que hj é o que mais me interessa!
Sinto mto por dizer tdo isso dessa forma.. (algumas pessoas não mereciam), porém eu tbm não mereço (acho) ficar guardando tanta coisa dentro de mim! E se não tenho cmo dizer tdo isso à alguém, digo aki mesmo...

segunda-feira, 17 de março de 2008

Alegria.... Tristeza... Alegria.... Tristeza...

A cada dia uma nova emoção.. um sentimento.

A cada momento uma descoberta... uma avalanche de sensações...

Ora agradáveis... ora não.

Aiii como eu me perco em minhas dúvidas...

Como me encontro em minhas eternas vontades, deveras absurdas.

Sigo eternamente em busa de desfrutar o prazer da felicidade.

Quem disse que isso é fácil?? Quem dirá na situação a qual me encontro nesse instante...

Realmente... Basta imaginar o quão feliz estou e compartilhar dessa alegria com quem me cerca que... "CabruUuMm"!! Desaba um turbilhão de decepções sobre minha cabeça.

E quem disse que tenho forças pra enfrentar agora??
Preciso ter! Preciso buscá-las, nem que no útero! Hehe^^

Nesse momento minha melhor idéia é procurar meus amigos.. os de verdae, sabe?
Aqueles que estão do meu lado quando eu realmente preciso.. qndo estou triste.. quando choro.. ou mesmo quando estou muito feliz...
São aqueles que sei poder contar sempre que necessário. Quem vai sempre estar pronto pra me escutar.. mesmo que nem me ouça...
Apenas por estar ali, ao meu lado, já me sinto mais segura.. segura de mim.. segura das minhas atitudes...

E a partir de agora é lutar pra esquecer.. ou tentar novamente, neh? o/\o
Hehehe^^
Bola pra frente!
Preciso cuidar de mim.. do que quero de verdade... SuCeSsO!!!

Acho que eh isso por hj gentEe.. pensei tanto que minha cabeça dói! Hahaha

BjOosS à qm visita meu Blog's
=**

quinta-feira, 6 de março de 2008

A dor...??? Ou Nada???

Um amigo me fez pensar...
-"Entre a Dor e Nada.. o que vc prefere??"
E qual seria a melhor alternativa, já que dor não há quem queira sentir... ms e nada????
Seria essa a melhor escolha??
Viveríamos sem dor... ms apenas viveríamos.
Necessitamos, se é que concordam, de emoções... descobertas novas... novas escolhas... novos rumos...
E com isso temos a dor. Certo?
Ou seja, se realmente quisermos viver da forma mais intensa possível (dentro dos limites, é claro) devemos optar pela dor. Devemos arriscar, cair e levantar.
Se houver o arrependimento, que ele venha por atos que praticamos, de fato. E não por não ter feito algo.

É importante salientar o medo que sentimos antes de agir.
Isso é fato. Porém se nos prendermos a esses medos, que são normalmente contínuos, já que a cada dia fazemos coisas novas, acabos não arriscando, logo não erramos, porém apenas vivemos.

Se é isso que queres, tudo bem... ngm morre por não arriscar.. hihih
Mas viverá com o NADA, o que tbm não seria mto gartificante.

Pensa nisso. Não preciso de respostas... Quero apenas mais ação.
Se essas serão corretas ou não.. isso não importa! Apenas faça.

=**
Coment's

quarta-feira, 5 de março de 2008

Puxa que puxa!! Hehehe^^

Nossa... fazia um tempo jah hein?!
Bom... começando hj com algumas novidades...

Trabalho novo...
Vida nova!
Novas paixões... novos amigos... novas descobertas... novos horizontes!!!

Normalmente gosto muito de arriscar. O que me faz ser um pouco impulsiva, as vezes.
Porém ultimamente tenho me sentido "presa" a certos parâmetros sociais, se é que posso assim dizer, e me retraio a não fazer tudo aquilo que tenho vontade.
Na verdade, nem sei mesmo se sinto vontade! Hehehe

Volto-me a certos princípios.. tento pensar e agir da maneira mais coerente possível, mas acredito que posso estar cometendo um grande erro.
Um grande erro por tentr arriscar algo que sei que não vai dar certo....
Um grande erro por não arriscar e acabar me arrependendo...
Um grande erro por ter medo de errar...

Enfim... Preciso apenas confiar no tempo.
O tempo que vai me fazer pensar... viver novas experiências... aprender com os erros... esquecer o passado e rever atitudes para não sofrer no futuro.

Grande beijo aos visitantes..
Saudades Enormes de Postar! o/\o

Ah!! Coment's... (soh pra não perder o costume)
=***

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Bahhhhhhh... quanto tempo!!!

Que saudades Blog véio!! Hiihihih

Acho que nem sei escrever mais!! Hehehe^^
Bom... to aih neh?!
Mudando denovo... mtos amigos.. mto feliz... apaixonada total pela vida!! Hahahaha

Aii... nem sei o que escrevo.. depois de tanto tempo me faltam palavras e inspiração!! HsauIHSIauhsiaUHSIAh

BjOoSs aos amigos... e talz.. eh isso...
Naum to mto afim de escrever.. soh mesmo pra naum perder o costume jah que fazia teeeeeeeeeemmpããããooo que naum postava!!

BjOoOSs

Me embala em teus versos, Poesia minha vida. Melodia minh'alma.