terça-feira, 3 de junho de 2008

Destino... qm entende???

“Meu caminho é cada manhã.. Não procure saber onde vou... Meu destino não é de ninguém.. Eu não deixo meus passos no chão...”

Segue o seu caminho... vou tentar seguir o meu com a maior vontade de fazê-lo tornar-se inesquecível, assim como você!


Eu sei que de nada adianta ficar assim... não vai trazê-lo de volta.... porém o sentimento eh mto grande sabe?... por mais que tentemos nos desfazer dele fica uma coisinha martelando em nossas mentes... mesmo não tendo aqueeeeela convivência, sabe-se que nunca mais irá ver a pessoa... isso eh difícil... Me faz ter medo do amanhã... (que na verdade não existe) E como viver intensamente??
Temos tantos deveres.. passamos tanto tempo de nossas vidas nos importando em dar lucro aos chefes e mal nos pegamos ficando com nossas famílias, amigos e principalmente com aqueles que amamos de verdade.
Precisamos estar sempre preparados... E quem está????
Porque eu nunca estou...

(8)”Se quiser saber pra onde eu vou... pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou!!”

E é lê que sempre vou estar. Onde o sol prevalecer.
Não necessariamente o sol que vemos no céu alguns dias de nossas vidas, mas o sol que brilha dentro de mim. Dentro do meu peito e dentro do peito de cada um que se permitir.
Deixe um sol se ascender dentro de si. Nunca sabemos qndo uma “forte chuva” vai fazê-lo parar de brilhar.


Eternas Saudades, Grande Exemplo!!!

+02.06.2008à Neri Elias de Moraes “Costa” (pq mesmo não carregando esse sobrenome, representava-o melhor que muitos.)

Me embala em teus versos, Poesia minha vida. Melodia minh'alma.