sábado, 25 de fevereiro de 2012

Me arrume alguns trocados
Um copo de vinho, barato
Um afago, um abraço bem quente
Me arrume um abrigo
Um amigo não tão sincero
Espero.

Afinal, o que estamos esperando? Quanto tempo ainda nos resta até que tomemos, de fato, um rumo? Falta largar tudo pra viver uma vida sem ...