terça-feira, 31 de maio de 2016

A intenção não era fazer as pazes.
Nem era deixar tudo bem
Mas era saber se havia outro em seu lugar.
Ocupando aquele lugar que já não é ocupado por ninguém há tanto tempo, na verdade.
A intenção nem era brigar, nem era discutir.
Mas o único caminho era esse, ou o silêncio
Que já não respondia nada do que sequer queríamos saber um do outro.
E no fim de tudo, sustentamos esse mesmo silêncio por horas
Vagando dentro de nossas próprias cabeças.
Morrendo cada pedacinho de coração que ainda resta.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Estou me dando por vencida, na batalha que nem entrei.
Desisti de muitos planos que, de fato, nem criei.
Porque tudo é tão difícil? Mas eu nem experimentei!
O mundo só vai dando voltas, só vai dando voltas.

Por onde ando, eu?

Aqui estou, e nem sei onde.
Esperando por algo que nunca vem.
Por alguém que nunca chega.
Aqui estou, e permanecerei, não sei mais por quanto tempo.

Enquanto lá fora chovia Eu sentia teu cheiro, Não mais que tua falta, Em meu travesseiro. Sentia teu corpo, Na noite passada, eu ...