sábado, 4 de novembro de 2017

Enquanto lá fora chovia
Eu sentia teu cheiro,
Não mais que tua falta,
Em meu travesseiro.
Sentia teu corpo,
Na noite passada, eu sentia calor.
E sentia tua sede, tua ânsia de estar aqui.
E sentia o amor que tem por mim.
E, sinto o tempo todo.
Longe e perto,
Tiro certo em meu peito.
De um jeito que é só teu
E sabe, exatamente, qual é
A forma de me fazer mais feliz
A todo instante.
Em cada pequeno gesto.
Te querer é tão bonito.
É divino o nosso amor.
É só nosso.
Duradouro sentimento
Que há de permanecer.
Que há de morar no peito
E ser como deve ser.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Demos a largada para uma nova vida.
Estamos a pé.
Passo a passo para um novo rumo.
E toda a vida vai passando pela cabeça.
Todos os erros, os medos, a certeza de irmos.
Todo conflito interno de não saber como será.
Fé na vida, nas boas coisas que vem acontecendo, dia após dia.
Crer em toda essa conspiração favorável.
Crer no universo.
Em nós mesmos e em cada novo passo dado.



Abrimo-nos para as boas novas!
Esperança que nunca se acaba.
Presentes, presságios.
Todos os caminhos nos levando ao nosso lugar.
Que será qualquer um, desde que juntas.
As portas do mundo se abrem pra nós nesse momento
Do mundo inteiro, a partir desse passo.
Grato destino que se fez,
Que se refaz, todos os dias,
Para o nosso bem.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

E quando as coisas começam a se encaminhar e conspirar pro novo.
Chances que a vida dá de refazer a vida.
Tudo, exatamente, como deve ser.
Todas as coisas se encaixando, se refazendo.
O mundo nos mostrando que é possível ir além,
A partir de um passo.
O primeiro de vários.
Pra bem longe,
Pra mais perto do sonho.
Da realidade de se refazer.
De reviver a novidade.
É quando nada mais importa, além de realizar.
Além da busca pelo que nos faz bem.
Pelas borboletas no estômago.
A ansiedade e até o medo do que não se conhece.
Mas buscamos.
E enquanto não tivermos nada a perder,
Já iniciamos o jogo, ganhando.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Largar tudo o que nem se tem.
Correr para o lado contrário
Para o mais coerente.
O menos óbvio.
Chegar onde ninguém imagina,
Sentar e ficar observando o novo.
Tomar um vinho, tomar fôlego para o recomeço.
Tomar iniciativas, correr atrás do que se quer.
Alcançar o atingível.
Superar adversidades,
Encarar a realidade, tal qual é.
Fazer o próprio plano
Não seguir o roteiro.
Ser feliz.
Fazermo-nos felizes.
Seguir adiante.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Às vezes ainda dói.
Os dias não são sempre tão bonitos,
As cores ficam opacas
O vento sopra mais triste
Tudo vira silêncio.
Angústia.
Às vezes é como se nada existisse
Como se a música soasse longe...
Um infinito caminho sem volta.
Esquinas que nunca chegam
Cabeça dando voltas em tanta conta
Números que nem sei se existem.
O coração implorando a partida.
Uma ferida no peito que se demora.
Mas haverá de passar, junto aos dias.
Antes mesmo do que se espera.
Tarde, além do que se queria.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Busquei,
Tanto busquei me encontrar que te encontrei.
E tanto chorei que hoje só sei sorrir.
Desaprendi o que é dor,
Esqueci como é ser só.
Reencontrei amor dentro de mim
Que antes parecia fim.
Foi começo,
É recomeço todo dia.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Amor, com amor se paga.

A gente oferece o que tem.
Escolhi ser amor.
De corpo inteiro!
Escolhi ser sorriso, ser gente, ser luz.
E é "só" isso que tenho pra dar
É tudo isso que pode esperar de mim
Minha fé na humanidade
Esperança de um mundo mais gentil.
Toda boa energia que eu emano
Dia após dia,
Buscando essa mesma energia.
Buscando doação de bons sentimentos
Gratuitamente.
Despretensiosamente.
Que o mundo se refaça em amor,
Todo dia, o tempo todo.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Minha pequena flor
Branca como a margarida
A preferida
Antes e depois de te encontrar
Pele macia e suave
Como cada pétala de bem me quer.
Perfuma meus dias,
Floresce em riso e graça
Inunda meu peito de amor e paz.
Florzinha, minha pequena flor,
Só faz brotar sentimento bom.
Tem o dom de me transformar
De me conhecer e reconhecer
Minha melhor versão.
Dona do meu coração,
Branquinha, minha pequena flor.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Afinal, o que estamos esperando?
Quanto tempo ainda nos resta até que tomemos, de fato, um rumo?
Falta largar tudo pra viver uma vida sem saber do amanhã.
Basta dar um primeiro passo, um "vamos? vamos!"
E quem disse que é a hora certa? E quem disse que não é?!
Tanto pensamento, tanto "será?"
Que a cabeça dá nó.

Enquanto lá fora chovia Eu sentia teu cheiro, Não mais que tua falta, Em meu travesseiro. Sentia teu corpo, Na noite passada, eu ...