sexta-feira, 31 de março de 2017

Ansiosa pelo momento em que vamos celebrar a sua vinda.
Tão esperado amor que só cresce em nós.
Que ainda nem existe
Que talvez já seja.
Dezembro, me pule!!

terça-feira, 28 de março de 2017

Até que ponto somos bons o suficiente?


Tenho me questionado o tempo todo sobre isso.
Fiz o que foi possível, talvez até o que não foi pra alcançar o objetivo de (...)
Peraí! Qual era o objetivo? E os motivos pelos quais "lutei"?...
Volto a me perguntar o que é certo, afinal.
O quanto errei comigo mesma, querendo algo que não era meu.
Correndo atrás de um "sonho" que parece ter acabado há tempos.
Já fui arrancada de lá. Não tenho motivo algum para voltar.
Eu busquei cada gota de possibilidade.
Parece que não fui suficientemente boa.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Deliciem-se!

Desfrutem desses poemas
Das palavras que aos poucos vem
Dos segredos que ninguém conta
Da saudade que todos têm.

Sonhem com o futuro
Pensem em querer mais
Voltem se for preciso
Nunca é tarde pra olhar pra trás.

Lute com suas forças
Queira, intensamente.
Ninguém vai viver seus medos.

Ninguém vai sonhar seu sonho,
Nem mesmo te compreender
Porque a vida é curta demais.
O legal de ficar tanto tempo sem postar é que as visualizações das postagens anteriores "bombam", porque não tem novidade pra ver. HAHAHA
O triste é não saber mais escrever. /hmm

Escolhi dar um passo à frente, que me levaria para 2 anos atrás, aproximadamente.
Não fui correspondida, como gostaria, não sei se é bom ou ruim.
Deixei de lado tudo o que me disseram, tudo o que fizeram contra a minha volta.
Deixei de lado a minha própria opinião, às vezes, pois sei que talvez não seja o certo a fazer.
Mas eu quis voltar!
Quis lutar pelo final do "sonho" que ainda não poderia ter acabado. Não daquela maneira.
Talvez eu me prenda demais ao passado, talvez ele nem me leve aonde pretendo ir, mas eu preciso testar a mim mesma, minha vontade nesse momento de fazer de novo o que talvez não devesse ter deixado pra trás.
E, tudo o que eu queria era uma simples resposta de e-mail.
Um simples, VOLTE, ESTOU DISPONÍVEL.
As coisas não são tão simples quanto podem parecer. Quanto deveriam ser.
Meu futuro profissional ficou meio em stand by devido às escolhas, aos planos e mudanças deles.
Mas porque não poderia recomeçar?
Infelizmente, não depende só de mim, aliás, talvez, o que poderia fazer, eu fiz.
Da minha forma, insegura, amedrontada, (que bosta ser assim) mas fiz.
Que tal confiar, né? Deixar essa apreensão toda pra lá.
Quem sabe esse seja meu futuro mesmo, aceitar a chance que me foi dada. Viver o agora e pensar daqui por diante em melhorar pelo que tenho feito.
Vamos com fé, que a fé não costuma falhar.

E como seria?

Nossa, tanto tempo sem postar que fui bloqueada logo na chegada por aqui. (risos)


Como seria se tudo isso desse certo?
Se nossos planos se concretizassem e aumentássemos entre nós?

Como seria acordar mais cedo, dormir mais tarde, não dormir?
Chegar atrasado, com cara de sono, gastar na farmácia bem mais que no bar.

Estou tão nervosa, ansiosa, aflita, confiante, estressada, complexa, bem mais que o normal.

Que o universo nos diga SIM, como sempre fez.

Queria virar poeta De versos elaborados De livros, publicados. Queria ser mais que sou. E queria ser menos, Bem menos poeta Talvez, me...