segunda-feira, 15 de maio de 2017

Abre teus olhos pro mundo, menina
Abre teu sorriso doce
Contarei cada uma das estrelas de tua constelação particular.
Contarei teus segredos aos céus.
Abre teu peito, menina
Abre tua voz desafinada
Gargalhada gigante
Exagero de gente.
Exagera tua vida, menina
Aproveita cada instante
Que essa gente mal vivida
Inveja tua coragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Enquanto lá fora chovia Eu sentia teu cheiro, Não mais que tua falta, Em meu travesseiro. Sentia teu corpo, Na noite passada, eu ...